CIPC Semolas - PMA
820
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-820,language-pt,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_over_content,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.4,vc_responsive

CIPC Semolas

No final da década de 40 entendeu a CIPC fazer a sua concentração industrial no Beato. Para isso planeou a substituição das antigas fábricas, espalhadas por vários pontos da cidade, por novas fábricas apetrechadas com tudo o que havia de mais moderno e eficiente no domínio técnico, preocupando-se, ao mesmo tempo, com a construção de edifícios que em combinação com a moderníssima maquinaria, pudessem vir a constituir conjuntos industriais modelares.

Temos neste contexto o conjunto formado pelos novos Silos, Moagem e Armazém de Farinhas, projetos do Arq. Porfírio Pardal Monteiro, com o qual se iniciou o plano.

Como continuação deste plano, no final da década de 50 pretendeu a CIPC construir um conjunto de novos edifícios onde se destacam o novo grupo de Silos um vasto edifício destinado à instalação da nova Fábrica de Massas e Bolachas e a Fábrica de Sêmolas, estes projetados por António Pardal Monteiro.

 

Dono de Obra:

Companhia Industrial de Portugal e Colónias

Localização:

Lisboa – Beato

Área de Construção:

38.000 m²

Projecto:

1960

Conclusão da Obra:

1961

Programa:

Projecto de Fábrica de Sémolas Integrada no complexo industrial do Beato em Lisboa, projectado por Porfírio Pardal Monteiro.

Equipa:

Arquitectura

– António Pedro Batista Pardal Monteiro – Arquitecto

Fundações e Estrutura

– Pedro Kopke Pardal Monteiro – Engenheiro

Especialidades

– Camacho Simões – Engenheiro

Category

EDIFÍCIOS INDUSTRIAIS