Season Constellation - Off Liberdade - Rua do Salitre, 27-31 - PMA
Season Constellation - Off Liberdade - Rua do Salitre, 27-31
Season, Constellation, Rua do Salitre, Salitre, Pardal Monteiro Arquitetos
1651
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-1651,language-pt,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_over_content,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.4,vc_responsive

Season Constellation – Off Liberdade – Rua do Salitre, 27-31

O projeto localiza-se na Rua do Salitre 27 a 31, numa área abrangida pelo “Plano de Urbanização da Avenida da Liberdade e Zona Envolvente” (PUALZE) bem como pelo “Plano de Pormenor do Parque Mayer” (PPPM), sendo que a frente urbana onde se insere o edifício é considerada “Bem de Valor Patrimonial Relevante” e está integrada no setor B – Encostas da Avenida da Liberdade e na SUOPG1 (subunidade operativa de planeamento e gestão – Parque Mayer/Salitre).
A intervenção contempla a construção de um edifício de habitação e comércio de 5 pisos mais aproveitamento da cobertura e cave, integrado no conjunto urbano onde se insere. O espaço comercial encontra-se ao nível do piso térreo e da cave, e as 14 tipologias habitacionais T0 e T1 ao nível de todos os pisos. Foi também introduzida uma área de lazer ao nível do piso térreo, para uso comum das áreas habitacionais onde se encontra uma piscina.
O novo edifício situa-se entre empenas variáveis, pelo que se adotou uma solução de transição com empenas de diferentes profundidades, não ultrapassando o plano virtual de 45º com a empena de menor profundidade.
Esta solução permite um melhor enquadramento do edifício na frente construída a tardoz da Rua do Salitre, bem como uma maior qualidade das habitações aí localizadas, tirando partido da exposição solar de poente, e de uma maior capacidade de ventilação e insolação.
Para as tipologias habitacionais privilegiou-se a relação entre a sala e a cozinha, sendo propostas áreas de Kitchenette, espaços que deverão funcionar em conjunto ou em continuidade, através de uma ligação direta. Esta opção permite que seja maximizada iluminação da tipologia, e estabelecida a ligação entre todos os espaços da casa, sendo a fachada um elemento unificador.
Optou-se por, sempre que possível, nas tipologias a tardoz, introduzir espaços de varanda, criando a ligação entre as habitações e a área visualmente presente do Jardim Botânico.
Para a fachada da Rua do Salitre é proposta uma métrica de vãos em alinhamento vertical, com a marcação de um eixo central, de acordo com a predominância da envolvente, e uma composição cromática idêntica à existente.
São propostos nesta fachada os revestimentos em azulejo vidrado à mão na cor natural/nacarado e o revestimento em micro cimento na cor “crua”.
A fachada tardoz apresenta-se “desmaterializada” pretendendo-se uma transição franca entre os espaços interiores e os espaços de varanda, funcionando estes espaços como uma transição com a área do Jardim Botânico e do Parque Mayer.
Os materiais considerados foram também os azulejos, refletindo a luz do logradouro, o micro cimento, e ripados de madeira lacada, em zonas de fenestração.

Dono de Obra:

Season Constellation, Unipessoal lda.

Localização:

Rua do Salitre, 27-31

Lisboa

Área de Construção:

964,96m2

Projeto:

2016/2017

Conclusão:

Obra em curso

Programa:

Projeto de um edifício habitacional com 14 apartamentos e uma loja no piso térreo e cave.

Equipa:

Arquitetura

– Manuel Cottinelli Telmo Pardal Monteiro – Arquiteto

– Sónia Machado Mendes – Arquiteta

– Maria do Rosário Botelho de Brito – Arquiteta

– Catarina Diz – Arquiteta

– André Geraldes dos Santos – Arquiteto

– Rodrigo Moutinho

Especialidades

– Profico, Lda

Fotomontagens

– 4+ Arquitectos

 

Category

Destaque Home, HABITAÇÃO E COMÉRCIO